Cachoeirinha e Canoas devem aderir à parceria entre Pró-Sinos e Caixa na área de resíduos sólidos

População contemplada pela iniciativa deverá subir de cerca de 580 para 1 milhão de pessoas

Durante as reuniões com o presidente do Pró-Sinos, prefeito Volmir Rodrigues, na manhã desta quarta-feira (4/1), os prefeitos de Cachoeirinha, Cristian Wasem, e de Canoas, Nedy de Vargas Marques, sinalizaram que os municípios deverão aderir à parceria entre o Consórcio e a Caixa Econômica Federal para a estruturação do projeto para concessão do gerenciamento de resíduos sólidos. Os encontros em cada cidade fizeram parte da série de agendas que o novo presidente do Pró-Sinos iniciou nesta semana, na primeira semana da gestão para o biênio 2023/24.

Com isso, o número de municípios inseridos na parceria firmada em agosto do ano passado deve saltar de 14 para 16, passando a impactar quase o dobro da população — de cerca de 580 mil para aproximadamente 1 milhão de pessoas que residem nestas localidades. “A adesão desses municípios fortalece ainda mais o trabalho que já vem sendo estruturado e que deve ser concluído em, no máximo, dois anos. Esse processo trará importantes avanços na área de resíduos sólidos para os municípios da Bacia do Rio dos Sinos, pois fará com que eles atendam exigências do novo marco legal do saneamento, com redução de custos”, avalia o presidente do Consórcio.

As reuniões do grupo de trabalho responsável pelo andamento do processo de estruturação da concessão do gerenciamento de resíduos sólidos iniciaram em dezembro. A iniciativa trará aos municípios benefícios como a modernização e o incremento na qualidade dos serviços, a destinação adequada dos resíduos, a possibilidade de geração de receitas acessórias para cooperativas de catadores, a redução dos custos por meio do uso de novas tecnologias e impactos ambientais positivos.

Além de Cachoeirinha e Canoas, que deverão ingressar na parceria, já estão participando do processo outros 14 municípios: Araricá, Campo Bom, Capela de Santana, Esteio, Glorinha, Igrejinha, Nova Hartz, Nova Santa Rita, Parobé, Portão, Riozinho, Rolante, São Francisco de Paula e Sapucaia do Sul.

Agendas

Além do presidente, participaram das agendas pelo Pró-Sinos o diretor-geral, Luciano Machado, e o diretor-técnico, Hener de Souza Nunes Júnior. Em Cachoeirinha, além do prefeito Cristian Wasem, estiveram no encontro o vice-prefeito João Paulo Martins e a secretária de Sustentabilidade, Trabalho e Desenvolvimento Econômico, Sueme Pompeo de Mattos.

Em Canoas, além do prefeito Nedy de Vargas Marques, ainda participaram o secretário de Meio Ambiente, Paulo Roberto Ritter, a secretária-geral do município, Aline Pagoto, o secretário de Relações Institucionais, Feres Augusto Ueqed, o secretário-adjunto Administrativo, Bernardo Caron, a chefe de gabinete, Pollyana Perinazzo e o assessor jurídico Felipe Matusalém.

História 

Criado em agosto de 2007, o Pró-Sinos é resultado da mobilização dos municípios banhados pelo Rio dos Sinos, após um dos mais graves desastres ambientais da história do Rio Grande do Sul, ocorrido em 2006, que ocasionou a mortandade de 90 toneladas de peixes. Desde então, há 15 anos, o Pró-Sinos trabalha pela recuperação do rio e como interlocutor dos municípios para o avanço na área do saneamento básico na região. 

Hoje, fazem parte do Consórcio 26 municípios. São eles: Araricá, Cachoeirinha, Campo Bom, Canela, Canoas, Capela de Santana, Caraá, Dois Irmãos, Esteio, Gramado, Glorinha, Igrejinha, Ivoti, Nova Hartz, Nova Santa Rita, Novo Hamburgo, Parobé, Portão, Riozinho, Rolante, Santo Antônio da Patrulha, São Francisco de Paula, São Leopoldo, Sapiranga, Sapucaia do Sul e Três Coroas.

Foto: Gênesis Teixeira

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima